quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Blend Veggie Protein Giroil

Proteína de arroz + proteína de ervilha

A prática de exercício e o tipo de treino determinam a necessidade de proteínas, o aumento do volume de exercícios aumenta a necessidade delas. A utilização de suplementos ricos em proteínas potencializa a performance esportiva em exercícios de força e endurance. Durante a prática esportiva a ingestão proteica é fundamental para construção, reparação e crescimento muscular e em pequena proporção para o metabolismo energético.


As proteínas de arroz e ervilhas possuem alto valor nutricional, sendo fonte de proteína vegetal de  elevado valor biológico, altamente biodisponíveis e de aminoácidos essenciais, principalmente os de cadeia ramificada, os “branched-chain amino acids” (BCAA), e livres de alergenos.  É uma fonte de proteína 100% vegetal sendo uma opção para veganos e vegetarianos.
Com excelente digestibilidade, seus nutrientes são absorvidos pelo organismo e aproveitados pelos músculos como fonte de energia, combatendo o catabolismo. Pode ser consumida no lugar do whey, especialmente por pessoas com intolerância à lactose e glúten, diabéticos e todo esportista que, além da performance, busca qualidade de vida por meio de uma alimentação mais natural e saudável.

Loja: Giroil

Suplementos de Proteínas Vegetais, Aminoácidos Essenciais e sua importância no esporte!

Atletas veganos que estão competindo nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, 2016:
Serena Williams, a “rainha das quadras”!


Kendrick Farris, halterofilista norte-americano!

A utilização de proteínas vegetais como suplemento esportivo vem tendo cada vez mais destaque. Tanto para atletas de alta performance, como para pessoas que necessitam uma dose maior de proteína é indicado usar um suplemento. Atletas necessitam uma dose extra de proteínas que ajudam a construir e reparar tecidos musculares danificados com os exercícios. Além disso, estudos apontam que se uma quantidade mínima de proteínas não for consumida, os atletas além de perderem músculos, irão sobrecarregar seus tendões. 


Fazer escolhas sábias na alimentação proporcionam aos músculos o combustível apropriado e permite que você treine mais tempo e em melhores condições.

Proteínas vegetais contém todos os aminoácidos essenciais em sua composição, são eles: a isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano, histidina e valina.
Benefícios dos aminoácidos presentes em suplementos de proteína vegetais



BCAA 
Os BCAA também denominados de leucina, valina e isoleucina, podem atuar no processo de anabolismo proteico, uma vez que são aminoácidos essenciais, além de diminuir o grau de lesão muscular induzido pelo exercício físico e melhorar a imunocompetência.

Glutamina
Considerado como um dos aminoácidos livres mais abundante nos músculos esqueléticos, a glutamina é utilizada para proliferação de linfócitos e atividade fagocítica de neutrófilos, isto porque é fonte energética para estas células. Ainda atua como precursora da síntese da glutationa, a qual possui ação antioxidante, protegendo as células de lesões e danos oxidativos.

Arginina
Tem sido evidenciado o potencial efeito deste aminoácido na melhora do desempenho físico no esporte, devido a diminuição da fadiga muscular, decorrente do efeito vasodilatador promovido pelo oxido nítrico, composto sintetizado a partir da arginina, que resulta no aumento da perfusão muscular, e diminuição da utilização de glicose pelos músculos esqueléticos em exercício.

Triptofano
Além de ser fundamental para a síntese proteica, o triptofano atua como precursor da síntese da serotonina, neurotransmissor mediador do quadro de fadiga induzida pelo exercício físico intenso, e que exerce influência no sono e melhora do bem estar. O aminoácido ainda é precursor da vitamina B3, e estimula a secreção de insulina e hormônio do crescimento.

Considere os suplementos uma apólice de seguro, que preenche as lacunas que você não consegue somente com uma boa alimentação.


terça-feira, 16 de agosto de 2016

Teff, um cereal da Etiópia que ganhou o mundo!





√ ALIMENTO ANCESTRAL SEM GLÚTEN
√ ADEQUADO PARA TODAS AS CONFECÇÕES CULINÁRIAS
√ PROTEÍNAS, VITAMINAS & MINERAIS
√ ALTO PODER SACIANTE
√ UMA OPÇÃO NUTRITIVA E SAUDÁVEL
100% NATURAL, NÃO OGM, VEGAN, CRU, SEM GLÚTEN E OUTROS ALERGÉNIOS
INGREDIENTES: 100% Farinha Integral de Teff marrom

O Teff é um cereal ancestral sem glúten originário da Eritreia e Etiópia. Apesar da sua pequena dimensão, a sua concentração de nutrientes é bastante elevada e variada, pelo que é considerada por muitos como um superalimento. Com uma concentração elevada e variada de nutrientes como cálcio, ferro, cobre, alumínio, bário, fósforo, tiamina e magnésio, que ajudam na recuperação rápida após um treino físico ou forte desgaste mental.
É também rico em hidratos de carbono de digestão lenta, ajuda no controle dos níveis de glicose no sangue, sendo indicado para o controle do peso, já que contém alto poder de saciedade. Por ser um cereal sem glúten é muito apreciado por celíacos e adeptos de alimentação natural.
Naturalmente sem glúten, pode ser consumida por intolerantes ao glúten. De fácil digestão, contém uma grande quantidade de proteínas com um bom equilíbrio de aminoácidos essenciais, em especial a lisina, importante no metabolismo do cálcio, hidratos de carbono de baixo indíce glicémico, boa fonte de antioxidantes, pobre em gorduras e integral, portanto com elevado teor de fibras, vitaminas e minerais
Ideal para a confecção de pães, massas, panquecas, crepes, bolos e biscoitos. Pode ser usada como espessante para sopas e molhos.
A Farinha de Teff é bastante versátil, com uma textura flexível e elástica e um sabor amendoado, muito agradável ao paladar, permite saborosas receitas.   Tradicionalmente a farinha de teff é utilizada para fazer injera, o pão etíope, muito consumido em países africanos. Esta farinha constitui uma saborosa e saudável alternativa sem glúten às farinhas tradicionais.   

TEFFIOCA - A nova panqueca, feita de farinha de teff.


Que tal substituir a caloria vazia da tapioca por uma farinha riquíssima em nutrientes Teff?
Vantagens:
Glúten Free Rica em minerais e vitaminas Carboidrato de baixo índice glicêmico Fonte de proteínas e fibras Quantidades significativas de aminoácidos essenciais e antioxidantes
TEFFIOCA
1 ovo 1 colher (sopa) Farinha de Teff Giroil Pitada de sal
Modo de preparo: Misture todos os ingredientes até ficar homogêneo. Assar em frigideira antiaderente. Nesta foto para incrementar e ficar mais fofinha a massa adicionamos creme de ricota, fermento e água.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Shakeira Giroil - Praticidade e beleza!



Ser fitness, estar de bem consigo mesmo, trás reflexos no rosto, na pele, no cabelo e no sorriso!
Uma pessoa que está feliz atrai amigos, atrai olhares e a vida fica muito mais interessante e vibrante! 


Whey protein virou moda entre praticantes de atividades físicas, vai malhar, vai correr, vai precisar suplementar com uma dose maior de proteínas!

 Além do shake, estão usando whey para salpicar em cima da panqueca, para fazer bolo, omeletes e até brigadeiros.

 As medidas agora são em scoop e não de xícaras. 

Giroil lança Whey Protein Concentrado 80%, que puro já é muito bom, de cor clarinha, com sabor fraquinho, de altíssima qualidade!

Mas para ficar ainda mais funcional e saboroso, Giroil incrementa o WPC com diferentes propostas:

1- Whey Protein + Cacau e Maca peruana.
2- Whey Protein + Matchá.
3- Whey Protein + Hibisco


Giroil lança Shakeira pratica, com compartimento e mola misturadora, vai ajudar a transportar seu suplemento e fazer o shake na hora que achar melhor. 


Visite: Loja Giroil

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Os benefícios do painço, um cereal alcalinizante e remineralizante!


Bela Gil já fez várias receitas em seu programa, usando o painço.

Considerado um dos grãos mais antigos e nutritivos, o painço é um cereal arredondado e pequeno, que possui muitos benefícios para promoção e manutenção da saúde. Isso porque além de ser rico em carboidratos, proteínas, aminoácidos, vitamina B, manganês, fósforo e magnésio, o ingrediente também pode contribuir para a perda de peso, já que possui um baixo teor de gordura e de calorias.




E mais: contém grandes quantidades de fibras, que proporcionam sensação de saciedade e, ainda, melhoram a digestão e o funcionamento do intestino ― fatores que o tornam um grande aliado no emagrecimento saudável





Com inúmeros benefícios:

  • Não contêm glúten, por isso é fácil de digerir e pode ser ingerido por celíacos e intolerantes a essa proteína.
  • É rico em fibras, por isso ajuda a regular os casos de prisão de ventre e elevadas taxas de colesterol, glicose e triglicerídeos.
  • É uma boa fonte de magnésio, um mineral que melhora o tônus muscular e favorece a saúde do sistema nervoso.
  • Contêm vitaminas do grupo B, como a vitamina B1 (reforça a atividade mental, a coordenação e melhora estados de cansaço e depressão), a vitamina B9 ou ácido fólico (previne a anemia e melhora a pele; é fundamental durante a gravidez), a vitamina B6 (favorece o sistema nervoso, imunológico e hormonal) e a vitamina B2 (favorece a oxigenação intercelular e a regeneração dos tecidos e favorece a saúde ocular).
  • É fonte natural de fósforo, um mineral essencial na formação e desenvolvimento dos ossos e dentes, durante a amamentação, e promove bom desempenho intelectual e da memória.
  • Também contêm ácidos graxos, ferro (um mineral que permite a renovação das células sanguíneas e previne casos de fadiga e anemia) zinco, iodo e vitamina E.
  • É importante destacar que o painço alcaliniza o organismo, ao contrário de outros cereais acidificantes, pela fato de equilibrar nosso pH e nos ajudar a compensar os efeitos acidificantes de uma má dieta.
Estes excelentes valores nutricionais o fazem ser um alimento muito benéfico e que pode ser terapêutico para pessoas que sofram de problemas digestivos. Segundo a medicina natural, o sistema digestivo condiciona nossa saúde geral, logo este cereal pode ser muito útil para pessoas que sofrem de acidez, úlceras, prisão de ventre, diarreias, gases, etc.
Além disso, devido às suas propriedades também recomenda-se consumi-lo em casos de anemia ferropênica, diabetes, gravidez e amamentação, e em fases de estresse e exaustão.